@@ Desde Música a Astronomia !Da História a Arte antiga e Contemporânea,Ecologia e Meio Ambiente,Consciência Global,Notícias e também Vídeos sobre vários temas e Jogos! @@

Postagens populares !

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Segundo calendário Maia, o Mundo acaba em 2012 !

PROFECIA MAIA
Textos originais são vagos e dão margem a todo tipo de interpretação. Foi o que bastou para a sua usurpação e a criação do mito contemporâneo sobre o Apocalipse

O calendário de conta longa é apenas um entre os vários que os maias usavam. Assim como os nossos meses, anos e séculos, ele se estrutura em unidades de tempo cada vez maiores. Cada 20 dias formam um "mês", ou uinal. Cada 18 uinals, 1 tun, ou "ano", cada 20 tuns faziam um katun e assim sucessivamente. Enquanto o nosso sistema de contagem de séculos não leva a um fim, o calendário de conta longa maia dura cerca de 5.200 anos e se encerra na data 13.0.0.0.0, que para muitos estudiosos (não há um consenso a respeito) corresponde ao nosso 21/12/2012.

Isso não significa que eles esperassem pelo fim do mundo naquele dia. "Os povos ameríndios não tinham apenas uma concepção linear de tempo, que permitisse pensar num fim absoluto", diz Eduardo Natalino dos Santos, professor de história da América Pré-hispânica da USP. Ele diz que há textos míticos maias que falam em idades anteriores ao aparecimento da humanidade atual, e afirmam que a era atual duraria 5.200 anos. "Mas em nenhum lugar se diz que o ciclo que estamos vivendo seria o último." A maioria dos estudiosos acredita que, após chegar à data final, o calendário se reiniciaria. Assim como, para nós, o 31 de dezembro é sucedido pelo 1 de janeiro, para eles o dia 22/12/2012 corresponderia ao dia 0.0.0.0.1.

Entre os milhares de textos maias conhecidos, há apenas um que faz menção à data. Uma inscrição encontrada na ruína de Tortuguero (Costa Rica) diz que nela virá à Terra Bolon Yokte K'u, deus associado à guerra e à criação. Um indício indireto da mesma profecia está nos "Livros de Chilam Balam". Escrita por vários autores após a conquista espanhola, a obra traz previsões para os katuns que, num outro sistema de contagem de tempo, se repetem a cada 256 anos. Para o katun associado a 2012, o livro prevê a chegada de vários seres, entre eles "aquele que vomita sangue" e o deus Kukulcan, muito popular na América Central.

Mas mesmo esses textos talvez não correspondam ao que entendemos por profecias. Natalino diz que, embora os maias tivessem uma visão qualitativa do tempo - havia períodos "benéficos" e "maléficos" - isso não implica que fossem fatalistas. Os finais dos ciclos eram datas religiosamente importantes, pois num deles a idade atual poderia terminar. "Mas os sacerdotes podiam realizar certas práticas que assegurassem a continuidade do mundo", explica Natalino. Ele diz que no período colonial e depois houve rebeliões populares inspiradas pelas profecias de Chilam Balam. "Mas basta dar um pulo à América Central para ver que os maias de hoje estão cheios de projetos e nem um pouco preocupados com 2012."

Com certeza essa profecia é apenas um ponto de vista de um povo que viveu nas américas !

Mas será que eles tem razão sobre o fim do Mundo? No que eu entendo não precisamos de profecias pra adivinhar qual será nosso futuro, se não tomarmos as devidas providências!

Nosso frágil planeta parece estar sentindo alguns dos sintomas de nossa ocupação,que de acordo com alguns cientistas somos uma espécie parasita para o planeta e, com certeza ele inevitavelmente irá reagir contra a nossa própria espécie extinguindo a raça humana!

Leia Mais>>

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Australiano se salva enfiando dedo em olho de tubarão !

tubarão
Tubarão tinha quatro metros de comprimento
Um australiano conseguiu se salvar do ataque de um tubarão ao cravar seu dedo em um dos olhos do animal.

De acordo com o jornal australiano Herald Sun, Jason Cull, um professor de 37 anos, estava nadando na manhã de sábado na praia de Middleton, no oeste da Austrália, quando foi cercado por um tubarão branco de quatro metros de comprimento.

“No início eu achei que fosse um golfinho, mas o animal era muito maior. Depois só lembro ter sido puxado para debaixo d’água”, contou o nadador.

“Então eu comecei a tentar sair da boca dele e procurei sua guelra. Foi quando dei de cara com seu olho e cravei meu dedo. Aí ele me soltou”, contou Cull do hospital onde está internado após sofrer uma cirurgia para tratar ferimentos nas pernas.

Assim que conseguiu se libertar, o australiano começou a nadar na direção de outros dois nadadores que estavam por perto, mas que não perceberam sua presença.

Quando já estava mais próximo da areia, o australiano foi resgatado por uma mulher de 50 anos, que o ouviu gritar por socorro.

“Eu nem pensei no que estava fazendo. Entrei na água e comecei a empurrá-lo para a areia”, disse Joanne Lucas.

Ao chegar à praia, quase desmaiado, o australiano recebeu os primeiros socorros e foi levado de helicóptero para um hospital.

“Ainda bem que ela me ajudou, acho que não teria conseguido voltar sozinho”, disse ele.

Os outros dois nadadores não foram atacados e conseguiram nadar de volta à praia.

Leia Mais>>

Fetos em tumba são de filhas gêmeas de Tutancâmon!

Feto encontrado na tumba do faraó
Fetos achados em 1922 foram submetidos a testes em 2005
Dois fetos mumificados encontrados na tumba do faraó egípcio Tutancâmon poderiam ser de suas filhas gêmeas que nasceram mortas, indica a análise preliminar do DNA dos corpos pelo anatomista britânico que há quatro décadas estuda os despojos do rei egípcio.

As novas descobertas serão apresentadas nesta segunda-feira pelo professor Robert Connolly, da Universidade de Liverpool, em uma conferência sobre farmácia e medicina do Egito Antigo na Universidade de Manchester.

"Estudei uma das múmias, a maior, em 1979, determinei o grupo sangüíneo desta múmia bebê e comparei com o grupo sangüíneo de Tutancâmon que defini em 1969. Os resultados confirmaram que este feto maior poderia ser da filha de Tutâncamon", afirmou Connolly.

"Agora acreditamos que são gêmeas e ambas suas filhas. A análise do DNA que está sendo realizada pelo grupo do Dr. Hawass, no Egito (Zahi Hawass, secretário-geral do Conselho Supremo de Antigüidades egípcio), vai contribuir com outra peça-chave para essa questão."

Os fetos foram encontrados na tumba de Tutancâmon, em Luxor, em 1922. Sabe-se que o faraó, que morreu há três milênios quando tinha apenas 19 anos, casou-se com Ankhesenamun, filha da rainha Nefertiti, aos 12 anos de idade. Mas o casal não teve nenhum filho que tenha sobrevivido, acreditam os estudiosos.

Connolly afirmou que a tese dos dois bebês gêmeos "se encaixa bem na idéia de uma única gravidez de sua jovem esposa".

"É uma descoberta muito animadora, que não apenas pinta um retrato mais detalhado da vida e morte desde jovem rei, como também nos conta mais sobre sua linhagem", acrescentou.

Os despojos de Tutancâmon foram examinados em testes de DNA e tomografia computadorizada em 2005. Estas foram as primeiras múmias a serem submetidas a estes testes, na tentativa de aportar novas informações à história dos governantes egípcios da Antigüidade.

Tutancâmon governou o Egito de 1.333 a 1.324 a.C. Acredita-se que tenha chegado ao trono aos nove anos de idade.

A diretora da conferência, a professora Rosalie David, disse que a tumba e a múmia de Tutancâmon "têm nos dado muita informação sobre a vida no Egito Antigo, e pelo jeito continuarão dando por algum tempo".

O evento em que as conclusões serão apresentadas reúne mais de cem delegados de cerca de dez países e é realizado em parceria entre a Universidade de Manchester e o Centro Nacional de Pesquisas, no Cairo.

Fonte:BBC

Leia Mais>>

Chineses encontram campo com mais de 7 mil fósseis

Fósseis de dinossauro. Foto: arquivo
Descobertas podem contribuir com pesquisa sobre extinção
Cientistas chineses encontraram o que pode ser o maior campo de fósseis de dinossauros do mundo no leste do país, segundo a agência de notícias oficial Xinhua.

Zhao Xijin, paleontólogo líder do projeto na cidade de Zhucheng, na província de Shandong, anunciou que mais de 7,6 mil fósseis foram descobertos no local até agora e o número está aumentando.

"As descobertas devem contribuir com a pesquisa a respeito do mistério da extinção dos dinossauros", afirmou o cientista do Instituto de Paleontologia de Vertebrados e Paleoantropologia da Academia Chinesa de Ciências.

Zhao Xijin acrescentou que os fósseis encontrados são principalmente do final do período Cretáceo e da era Mesozóica, quando os dinossauros foram extintos.

Grama e água

De acordo com o paleontólogo, os fósseis tinham apenas uma pequena chance de sobrevivência em todos estes anos.

As pesquisas atuais sugerem que a região pode ter sido uma área aquática e também com grama abundante. Com isso, a área teria sido um habitat ideal para dinossauros com bicos de pato, segundo Zhao Xijin.

Geólogos avaliam que pode ter ocorrido uma erupção vulcânica que matou os dinossauros. Depois, uma enchente levou os fósseis ao local onde foram encontrados.

Zhao Xijin afirmou que as escavações foram suspensas devido às condições do tempo na área, mas deverão ser retomadas na primavera chinesa.

A pesquisa sobre a descoberta deverá ser publicada no final de 2009, segundo o cientista. Um parque de fósseis será construído na região, de acordo com as autoridades locais.

Hadrossauro

A cidade tem um grande campo com fósseis de hadrossauro, descobertos na década de 60 por uma expedição que buscava petróleo. Mais de 50 toneladas de fósseis já foram descobertas no local desde então.

O maior fóssil de hadrossauro foi descoberto em Zhucheng na década de 80, e exposto no museu local.

Um novo campo de fósseis foi descoberto por uma expedição de mineração, em março, nas cidades de Longdu, Shunwang, Jiayue e Zhigou.

Um campo em Longdu tem 300 metros de extensão por dez de largura e cinco metros de profundidade. Mais de 3 mil fósseis foram encontrados no local e, segundo Zhao Xijing, novos gêneros ou espécies poderão ser descobertos.

De acordo com Xu Xing, pesquisador do Instituto de Paleontologia de Vertebrados e Paleoantropologia, um crânio de 2 metros de um ceratopsian foi encontrado no local, a primeira descoberta deste tipo fora da América do Norte.

Nos outros 15 campos menores, outros novos gêneros de dinossauro foram encontrados, incluindo o tiranossauro.

Leia Mais>>

Academia nos EUA recicla energia dos clientes !



Uma academia de ginástica nos Estados Unidos instalou bicicletas ergométricas que reciclam a energia gerada pelos clientes. The Green Microgym, em Portland, no Estado americano de Oregon, conectou um gerador às rodas das bicicletas que transforma a energia cinética em elétrica. Ela é depois armazenada em uma bateria que coloca em funcionamento os televisores, esteiras e até um liquidificador que a academia usa para oferecer sucos e vitaminas à clientela.

A tecnologia que permite a geração de eletricidade a partir de aparelhos para ginástica não é nova. Há décadas as pessoas usam dínamos em suas bicicletas para acender as luzes traseira e dianteira. A academia usa o mesmo princípio, diz Adam Boesel, proprietário do Green Microgym. "Se você pensar em uma academia, quase todos os aparelhos para exercício têm uma roda que gira e, se você pode girar uma roda você pode produzir eletricidade, assim como um moinho produz eletricidade."

A academia se aliou a uma empresa do Texas, Henry Works, que trabalha no desenvolvimento de um artefato chamado Dínamo Humano

Leia Mais>>

Amor pode durar mais de 20 anos, diz estudo !


Estudo contesta visão de que paixão acaba depois de dez anos

Um estudo realizado nos Estados Unidos indica que alguns casais conseguem se manter apaixonados mesmo depois décadas de união.

Com a ajuda de exames de tomografia, cientistas da Universidade de Stony Brooks, em Nova York, analisaram a atividade cerebral de casais que estão juntos há mais de 20 anos.

Eles descobriram que 10% deles, ao verem fotos de seus parceiros, mostraram as mesmas reações químicas que casais em início de romance.

Pesquisas anteriores sugeriam que a paixão e o desejo sexual de um casal começam a diminuir por volta dos 15 meses de relacionamento e chegam a desaparecer depois de dez anos.

'Cisnes'

"Nossos resultados vão contra essa visão tradicional, mas temos certeza de que o que conseguimos observar é real", disse o psicólogo Arthur Aron, um dos autores do estudo.

Segundo os pesquisadores, quando os casais de longa data viam fotos de seus parceiros, seus cérebros indicavam um fluxo maior de dopamina, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer.

Para os cientistas, a descoberta indica que alguns elementos da paixão amadurecem, permitindo que casais de longa data desfrutem do que chamam de "companheirismo intenso e vivacidade sexual".

Os pesquisadores disseram que esses casais têm o mesmo "mapa amoroso" cerebral que animais que mantêm os mesmos parceiros por toda a vida, como os cisnes, os arganazes e as raposas cinzentas.

Fonte: BBC

Leia Mais>>

Iguana rosa pode alterar história da evolução nas ilhas de Galápagos !



Cientistas na Itália anunciaram ter descoberto que um tipo de iguana rosa das Ilhas Galápagos pode alterar a história da evolução da espécie no arquipélago.

Em um artigo na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences, os pesquisadores da Universidade de Roma indicam que o iguana rosado "se separou" das outras espécies de iguana de Galápagos há cerca de 5,7 milhões de anos.

O rosada foi visto pela primeira vez por guardas florestais do arquipélago em 1986, nas encostas de um vulcão da ilha de Isabela. Mas só em 2000 a espécie começou a ser analisada por cientistas.

Foi a partir de estudos de iguanas, pintassilgos e tartarugas de Galápagos, em 1835, que o britânico Charles Darwin desenvolveu a teoria da evolução das espécies por seleção natural. Darwin, no entanto, não chegou a conhecer o iguana rosado.

Novas dúvidas

Os cientistas da Universidade de Roma reuniram provas que sugerem que o iguana rosado não é uma variação dos iguanas mais conhecidos de Galápagos, o amarelo Conolophus subcristatus, mas sim uma espécie separada.

Além de apresentarem comportamentos diferentes e características externas bastante distintas - como o formato de suas cristas, por exemplo -, as duas espécies têm DNAs pouco parecidos.

Segundo os pesquisadores, isso significa que a linha que levou às espécies de iguanas mais conhecidas divergiu daquela que gerou o rosado há cerca de 5,7 milhões anos.

Mas a descoberta leva a outra série de dúvidas. "Naquela época, todas as ilhas do oeste de Galápagos não exisitiam", disse à BBC Gabriele Gentile, chefe da equipe de cientistas. "Trata-se de um enigma, porque agora o iguana rosado vive em uma pequena parte da ilha de Isabela que se formou há menos de 500 mil anos."

Segundo Genitle, mesmo as partes mais antigas do arquipélago podem ter menos de 5 milhões de anos.
O cientista diz que a explicação pode ser o fato de que alguns vulcões que agora estão no fundo do mar estava acima da superfície quando os primeiros iguanas marinhos chegaram, o que permitiu que alguns subissem para a terra firme e começassem uma evolução separada.

Análises já realizadas com o DNA de iguanas mostrou que as espécies terrestres se originaram das marinhas há cerca de 10 milhões anos.

Segundo Gentile, existem menos de cem iguanas rosados e a espécie está ameaçada de extinção.
fonte: BBC
Leia Mais>>

É filmado sapo raro pela 1ª vez, assista !


Cientistas da Sociedade Zoológica de Londres conseguiram filmar pela primeira vez o raro sapo púrpura, uma espécie descoberta em 2003 na Índia.

Assista ao vídeo da BBC

A dificuldade em filmar o anfíbio vem do fato de ele passar a maior parte do ano debaixo da terra. O animal costuma subir à superfície uma vez por ano para acasalar, mas depois volta a se enterrar.

O animal foi classificado como "fóssil" vivo pelos cientistas britânicos.

Fonte:BBC

Leia Mais>>

Astrônomos criam 1º modelo 3D de explosão de estrela; assista !



Astrônomos do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês) anunciaram que recriaram pela primeira vez um modelo em 3D dos momentos seguintes à explosão de uma estrela, o que pode ser uma boa ferramenta para se estudar melhor o processo.

Assista ao vídeo da BBC

Os especialistas recolheram informações de dois telescópios orbitais da Nasa - Chandra, de raios-X, e Spitzer, que obtém imagens pela detecção de radiação infravermelha ou de calor - e de telescópios na superfície da Terra.

Eles utilizaram técnicas de obtenção de imagens normalmente empregadas na área médica para criar um holograma da supernova Cassiopéia A. As supernovas são corpos celestes brilhantes surgidos após as explosões de estrelas e que, com o tempo, acabam perdendo a luminosidade.

Haley Gomez, da Universidade de Cardiff, no País de Gales, disse que o modelo oferece "uma visão surpreendente da explosão original de uma estrela". A imagem mostra jatos na forma de discos saindo da estrela quando ela explode.

Os astrônomos já sabiam das emanações das estrelas, mas a estrutura no formato de disco é uma nova descoberta. A equipe internacional usou imagens de raio-X e infravermelho para criar a visualização e ter uma compreensão mais completa do que acontece na explosão.

A Cassiopéia A é uma supernova - resultante de uma estrela que, acredita-se, explodiu há 330 anos. Gomez disse que a recriação é "realmente extraordinária". "Astrônomos e o público estão acostumados a ver imagens 'achatadas', com duas dimensões."

"Agora nós podemos visualizar um objeto a 11 mil anos-luz por ângulos diferentes." "Nós sempre quisemos saber como as peças que vemos em duas dimensões se encaixam entre si na vida real. Agora podemos ver por nós mesmos com este 'holograma' de restos de supernova", disse Tracey DeLaney, chefe da equipe de pesquisadores.

No vídeo, liberado pelos astrônomos, a região em verde é, na maioria, ferro, observado através de raios-X. A região amarela é uma combinação de argônio e silicone vistos por raios-X, meios óticos e infravermelho, incluíndo jatos de silicone. A região vermelha é de resíduos frios vistos por infravermelho. Finalmente, o azul revela uma onda externa resultante da explosão, detectadas em mais evidência por raios-X.

Fonte: 1

Leia Mais>>

Via Láctea é maior do que se pensava !



A nossa galáxia é muito maior do que se pensava, segundo um estudo apresentado nesta semana em um importante congresso de astronomia na Califórnia, nos Estados Unidos. Os resultados indicam que a Via Láctea tem mais ou menos o mesmo tamanho que Andrômeda, considerada até hoje como a maior galáxia do nosso grupo local de galáxias.

O estudo também revelou que a nossa galáxia está se movendo a uma velocidade 15% maior do que se estimava. Segundo os especialistas, por causa da massa maior, colisões futuras com galáxias próximas podem acontecer mais cedo do que o imaginado.

O astrônomo Mark Reid, do Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics (CfA), em Cambridge, nos Estados Unidos, e sua equipe usaram o sistema VLBA (Very Long Baseline Array) para calcular o tamanho e a velocidade da Via Láctea.

O VLBA é formado por dez radiotelescópios espalhados pela América do Norte que, juntos, permitem um grau de resolução sem precedentes na astronomia. Segundo o CfA, esse grau de resolução é tão grande que equivaleria a uma pessoa sentada em uma poltrona em Edimburgo, na Escócia, poder ler um jornal no Cairo, no Egito.

Precisão

Ao usar o VLBA para medir o deslocamento aparente de regiões longínqüas, formadoras de estrelas, quando a Terra está em lados opostos do Sol, os pesquisadores foram capazes de medir a distância até essas regiões com mais precisão do que em tentativas anteriores.

Reid e sua equipe apresentaram o estudo durante a 213ª conferência da American Astronomical Society (AAS), em Long Beach.

"Ao contrário de estudos anteriores, esses cálculos usam o método tradicional de investigação de triangulação e não dependem de quaisquer suposições baseadas em outras propriedades, como o brilho", disse um dos integrantes da equipe, Karl Menten, do Max Planck Institute for Radio Astronomy, de Bonn, na Alemanha.

Os resultados indicam que a Via Láctea é cerca de 15% mais larga do que se pensava.

Rotação

Pequenas alterações na freqüência das emissões de rádio que ocorrem porque as regiões estão se movendo dão aos pesquisadores uma estimativa de quão rápidamente a Via Láctea gira em torno de seu centro.

Eles calculam que isso ocorra a uma velocidade de 914 mil km por hora, maior do que o valor estimado anteriormente, 792 mil km por hora. Esta velocidade, por sua vez, serviu como base para que os astrônomos calculassem a quantidade total de matéria escura presente na Via Láctea - a matéria escura é o componente invisível que forma a maior parte da massa da galáxia.

Os pesquisadores estimam que a Via Láctea tenha cerca de 50% mais massa do que se estimava, o que a equipara à galáxia Andrômeda.

No passado, especialistas acreditavam que a Andrômeda, nossa galáxia vizinha, era a maior do nosso grupo.
"Não vamos mais pensar na Via Láctea como a irmã pequena da galáxia Andrômeda", disse Reid.

A massa maior aumenta a força da gravidade da Via Láctea, sugerindo que colisões com a Andrômeda e outras galáxias vizinhas podem acontecer muito antes do que se calculava - ainda assim, dentro de bilhões de anos.
Leia Mais>>

domingo, 4 de janeiro de 2009

Super aula de geografia on-line do IBGE !

Vá clicando em cada país do mapa e aprenda um pouco sobre ele: capital, tamanho, idioma, moeda, população, fotos e muito mais!
O site Países@ fornece informações sobre todos os países do mundo, agrupadas em 8 Temas principais: Síntese, População, Indicadores Sociais, Economia, Redes, Meio Ambiente e Objetivos do Milênio.
Possui duas barras de controle: barra de ferramentas e seleção do país e barra de seleção do tema. Ao ser iniciado, o tema 'Síntese' é selecionado automaticamente. Para que a pesquisa seja iniciada, é necessário que o usuário escolha um país da lista na barra de ferramentas. Nesta barra, existem também os seguintes controles:

Seleciona o idioma Português.
Seleciona o idioma Inglês.
Seleciona o idioma Espanhol.

Liga ou desliga os sons do site. Na posição superior, o som fica habilitado; na posição inferior, fica desabilitado.

Abre esta janela de ajuda.

No canto direito da barra de ferramentas, conforme a figura abaixo, há os seguintes controles do mapa, da esquerda para direita:


créditos:Arquivinho
Leia Mais>>

As Novas sete maravilhas do mundo!

As Novas Sete Maravilhas do Mundo foi uma revisão de caráter informal e recreativo da lista original das sete maravilhas, idealizada por uma organização suíça chamada New Open World Corporation (NOWC). A seleção foi feita mundialmente por votos pela internet gratuitos e ligações telefônicas pagas e apresentada publicamente no dia 7 de Julho de 2007 no Estádio da Luz, em Lisboa, Portugal. Nessa mesma apresentação foram também reveladas as Maravilhas de Portugal.

Os vencedores

Maravilha Local Imagem
Grande Muralha China The Great Wall in the winter
Ruínas de Petra Jordânia The Treasury at Petra
Cristo Redentor Rio de Janeiro, Brasil Christ the Redeemer in Rio de Janeiro
Machu Picchu Cusco, Peru View of Machu Picchu
Chichén Itzá Yucatán, México El Castillo being climbed by tourists
Coliseu Roma, Itália The Colosseum at dusk: exterior view of the best-preserved section
Taj Mahal Agra, Índia Taj Mahal


Os restantes finalistas

Maravilha Local Imagem
Acrópole de Atenas Grécia Atenas, Grécia The Acropolis of Athens, seen from the hill of the Pnyx to the west
Alhambra Granada, Espanha View of the Alhambra from the Mirador St Nicolas in the Albaycin of Granada
Angkor Wat Angkor, Camboja The main entrance to the temple proper, seen from the eastern end of the Naga causeway
Moais da Ilha de Páscoa Ilha de Páscoa, Chile Rano Raraku Moai
Torre Eiffel Paris, França Tour eiffel at sunrise from the trocadero
Hagia Sofia Istambul, Turquia Sophia
Kiyomizu-dera Quioto, Japão Kiyomizu-dera
Kremlin, Praça Vermelha, e Catedral de São Basílio Moscou, Rússia The Moscow Kremlin, as seen from the Balchug
Saint Basil's Cathedral and Spasskaya Tower of Moscow Kremlin at Red Square in Moscow
Neuschwanstein Castle Füssen, Alemanha Neuschwanstein seen from the Marienbrücke
Pirâmides de Gizé
(candidato honorário)
Egito Pyramide Kheops
Estátua da Liberdade Nova Iorque, Estados Unidos Statue of Liberty and Liberty Island
Stonehenge Reino Unido Amesbury, Reino Unido Stonehenge em 2004
Sydney Opera House Sydney, Austrália Internationally, the Sydney Opera House is the most recognised symbol of Sydney
Tombuctu Mali Mesquita Sankore em Tombuctu

Críticas

O concurso não possui o apoio da UNESCO, que apontou a falta de critérios científicos para a escolha das maravilhas, destacando o caráter informal e recreativo do concurso. Além disso, argumentou sobre o uso do sistema baseado em votos pela Internet, em que uma mesma pessoa poderia votar várias vezes usando endereços de correio eletrônico diferentes.

Fonte: Wikipédia
Leia Mais>>
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nuvem de Tags

Blogosfera amigos !

Curtir no Facebook

Assista meu canal musical no Youtube!